Mário

9.1.17


A propósito do falecimento de Mário Soares, figura incontornável da sociedade portuguesa, volto a publicar este texto, originalmente escrito a 8 de Março de 2013: 

Apesar da minha paixão por nomes compridos e fortes, também aprecio muito os nomes discretos. Já tenho falado aqui de alguns e hoje chegou o dia de Mário,  que deriva do latim "marius" e significa "relativo ao deus Marte". Antes mesmo de começar a escrever, tentei pensar na quantidade de Mários que conheço pessoalmente e concluí que não são muitos. Brinquei, em pequenita, com o meu vizinho Márinho mas, depois disso, tive de esperar quase quinze anos para conhecer outro. Contudo, depois, pensando nos Mários espalhados pelo país, percebi que é um nome muito marcante na nossa sociedade e que, a meu ver, tem tudo para nos encantar, outra vez. E digo "outra vez" porque, por curiosidade, espreitei os dados informais do SPIE, que indicam que, até 1979, Mário se manteve bem acima dos 500 registos, sendo o seu melhor resultado no ano de 1962, com 1463 registos. Em 1990, Mário ainda estava no top 30, em 2000 no top 50 mas, entretanto, em 2016, ficou-se pela 68.º posição do ranking, com 69 registos.
De certa forma, acho que são números bastante positivos, já que os nomes mais procurados para meninos são tão diferentes deste simples e recatado Mário. Além do mais, penso que é o tipo de nome que não ficou saturado e, retomando a ideia de que está na altura de o olharmos com mais carinho lembro, que a partir de 1970, Mário foi, de certa forma, substituído por Marco, o que fez com que não ficasse conotado como "nome dos anos 80". Para mim, Mário partilha do estilo de Artur, Raúl, Tomé, José ou César. Não dão nas vistas, mas não deixam de ser agradáveis ao ouvido! Acham usável ou não?

14 comentários :

  1. Não gosto nada de Mário mas Marco então, ainda gosto menos.

    ResponderEliminar
  2. Gosto muito, é transversal a todas as classes sociais e idades (conheço Mários pobres, ricos, velhos, novos, brancos e mulatos)e fica bem como primeiro ou como segundo nome. Márinho é que não, por favor! :)

    E já agora Filipa, uma sugestão, já que a Kate se descaiu e que provavelmente está grávida duma menina, que tal um post sobre o possível nome da princesinha?

    ResponderEliminar
  3. Isto das associaçoes é tramado! lol Associo sempre Mário ao Super Mário dos videogames "It´s me! Maaario!" Só conheci pessoalmente um Mário na vida, não é um nome que goste muito mas não acho feio!

    ResponderEliminar
  4. Gosto muito, mas sou suspeita, é o nome de um dos meus filhos (é um dos 94 nascidos em 2012) e um nome de família. A esmagadora maioria das pessoas que conheço não gosta nada.

    Toda a gente me fala no super Mário. Nunca tal me tinha ocorrido... Também me falam no Mário Soares, vá.

    Para mim é nome de poetas. Benedetti, Sá Carneiro, Cesariny, Dionísio.

    Também gosto de Marco, mas prefiro Marcos, porque - lá está - é o nome de um dos meus poetas preferidos, Marcos Ana.

    É muito interessante como as nossas referências, gostos e vivências condicionam as associações que fazemos a determinados nomes. Acontece-me muitas vezes ler comentários aqui e pensar que acho coisas completamente diferentes acerca de certos nomes do que as outras pessoas (um bom exemplo é Catarina que, para a maioria, é um nome forte, de rainha, do mesmo tipo de Francisca ou Margarida; para mim é o típico nome das filhas de militantes contra a ditadura do Estado Novo; metade das filhas de amigos dos meus pais chamam-se assim por causa da Catarina Eufémia).

    ResponderEliminar
  5. Não é dos meus favoritos, mas é perfeitamente usável. Nunca conheci nenhum Mário, nem novo nem velho e talvez por isso não tenha nehuma impressão mais forte sobre o nome.

    ResponderEliminar
  6. Mário é o nome do meu pai e do meu avô paterno... Devo confessar que acho engraçado a personagem do super Mário, uma vez que é fisicamente muito parecido com o meu pai (moreno, bigode, baixo e olhos azuis)...

    Na faculdade tive um colega Mário e dois professores Mários, por isso conheço Mários para todos os tipos até o senhor da churrasqueira é Mário :P

    Mário é um nome muito comum em Itália. E uma vez, um dos meus professores contou-nos uma história que se passou com ele. Ele foi a um congresso na Alemanha e quando se apresentou aos colegas alemães, um deles começou a rir-se e disse-lhe que era a primeira vez que conhecia um Mário que não trabalhasse numa pizzaria... Um exemplo de preconceito puro, mas para portugueses que moram na Europa central e do Norte, não me parece que seja um nome bem visto :P

    ResponderEliminar
  7. Mário é um nome horrível é mesmo mau, pobre da criança que tiver esse nome.

    ResponderEliminar
  8. É o nome que escolhi para o meu lindo bebé ( é um dos 94 de 2012). É um nome com tradição na família e na história do país, sem ser um nome da moda ou um nome bem. É o único da creche e entre os amiguinhos mais próximos, o que evita estar sempre a usar o apelido! É forte, marcante e cheio de personalidade (mas eu sou suspeita, claro)

    ResponderEliminar
  9. No Brasil há uma brincadeira assim "Mário, aquele que saiu do armário?"
    Sair do armário - virou gay

    ResponderEliminar
  10. Sempre achei que Mario fosse um raro exemplo de nome feminino virando masculino (de Maria) :(

    ResponderEliminar
  11. Também não gosto muito de Mário...
    Nasceu Salvador, o bebé do José Carlos Pereira e da Liliana Aguiar que já era mãe de Miguel Ângelo. Nasceu também Noah, filho da sobrinha de Passos Coelho com a namorada.

    ResponderEliminar
  12. Não minha terra existe uma família em que o pai se chama Mário e os três filhos chamam-se Mário Guilherme, Mário Diogo e Mário Valentim. Acho adorável

    ResponderEliminar
  13. Habemus net, aleluia! =D

    Tenho de ser sincera e dizer que, devido a uma má (péssima) experiência com um Mário, não sou capaz de fazer uma apreciação justa ao nome... =(

    Já repararam como as relações pessoais muitas vezes "envenenam" certos nomes aos nossos olhos? Filipa, posso sugerir esta ideia para um "post"?

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)